Obra / Arquitetura

Fundação Oscar NiemeyerFundação Oscar Niemeyer
CIDADE DE MARINA NA COLÔNIA AGROPECUÁRIA DO MENINO
Ano: 1956
Local: Vale do Rio Urucuia
País: Brasil
Descrição:

 

"O Plano Diretor da cidade é resultante de fatores sociais, físicos, econômicos, administrativos, etc. Deles decorre, simples e lógico, procurando estabelecer para a cidade um sistema de vida humana e feliz, integrado na natureza que aproveita e enriquece. 
Com previsão para uma cidade de 200 000 habitantes, que, dividindo a cidade em zonas distintas, habitação, indústria, agricultura, recreação, centro de cultura e saúde, permita o seu desenvolvimento futuro dentro de um esquema funcional.
Todas as habitações, coletivas ou não, estão divididas em zonas vicinais providas de escolas, creches, ginásios, clube, mercado, igreja, etc. com circulação de pedestres e veículos rigorosamente classificada, a fim de permitir, em cada caso, ligação própria e independente das habitações com os serviços complementares mencionados.
Mesmo nas áreas de habitação privada, atendendo a esse princípio, foram os lotes projetados entre duas vias de acesso, a primeira reservada aos veículos, e a segunda, que constitui pequenos parques, para circulação de pedestres.
Este critério foi também adotado nos demais setores da cidade o que vem garantir aos seus habitantes um sentido de calma e segurança tão raro nas cidades modernas.
Cercados de parques, jardins e vegetação abundante, os blocos de habitação coletiva estão integrados no seu verdadeiro objetivo, que é aproximar o homem da natureza para lhe propiciar um ambiente natural e sadio.
Na parte central do conjunto, destaca-se o Centro Cívico onde se encontram os órgãos de sua vida social: elementos de cultura, economia, trabalho e diversão, que deverão orientar e conduzir a coletividade dentro de um melhor nível de conforto e bem-estar." *1
 
 
*1 [ANÚNCIO Cidade Marina]. Módulo, Rio de Janeiro, v.3, n.18 [p.14], jun.1960